fbpx

Entrevista com o fotógrafo Roni Sanches: Como surgiu o Método “Photo Easy Learning ®”

Entrevista com RONI SANCHES

Como surgiu o método "Photo Easy learning®”

Fotógrafo e Empreendedor, Master Practitioner em PNL, palestrante, especialista em fotos de gestantes e bebês. Roni Sanches é autor dos Livros “Os Segredos da Fotográfica Gestante” e “Fotografia Newborn Essencial” é dele também a autoria do método de ensino de fotografia “Foto Easy Learning®”, sucesso desde 2015 e que já formou mais de 200 alunos no Brasil e em vários países de língua portuguesa.
Já atuou como CEO de várias empresas, criou e administrou empresas e tem dedicado a sua vida ao aprimoramento de seu método, que já comprovou na prática que todos podem aprender com facilidade fotografia e em pouco tempo.

Shape

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

“Melhorar um pouco a cada dia, criar um estratégia e seguir os passos”

Roni Sanches

Roni, por favor, explique um pouco sobre como funciona o método de ensino "Photo Pregnani Easy Learning".

O nosso método de ensino de Fotografia Gestante é composto de 4 módulos completos que levam o aluno do zero ao avançado de forma fácil, natural e rápida.
O conhecimento da fotografia vai sendo construído passo a passo, pois uma tarefa enorme se torna simples quando o aluno aprende um passo por vez.
Por exemplo, a iluminação de estúdio é ensinada gradativamente abordando os equipamentos, como escolher a intensidade, posicioná-los e tudo mais.
O que o aluno estudou em uma lição será usado na lição seguinte com acréscimo de mais técnicas, e praticas para fixação do que ele aprendeu nas aulas anteriores.
E assim vamos adicionando níveis de dificuldade de forma tão gradual e natural que, de repente, o aluno sai do básico em fotografia e vai para o avançado sem esforço.
Durante as lições, utilizamos ganchos mentais que ajudam o aluno a montar o quebra-cabeças da fotografia e também o conceito didático de “fluidez”, para tornar o ensino mais leve, espontâneo e natural.
Nosso material didático é totalmente conectado com a aula e nossos conteúdos são todos apresentados em contexto, ou seja, dentro de um tema ou situação, para facilitar o entendimento.
A produção, é ministrada pela Dri minha esposa que produziu mais de 5 mil ensaios e domina profundamente a maquiagem e a criação de figurinos dignos do Oscar com apenas algum tecidos simples e criação certeira. Aprendida através de de gestantes reais com bio tipos e gostos diferentes, com técnicas uteis e práticas.

Como são criadas as aulas?

Na verdade, nada é dito ou feito sem um planejamento detalhado.

Nada em uma aula acontece à toa e tudo tem uma finalidade didática, porque cada minuto da aula merece absoluta atenção.

Para criar uma nova técnica didática, eu primeiro faço uma análise detalhada dos elementos envolvidos, das experiências e resultados anteriores e somente tomo decisões com base em avaliações e contexto.
O fato é que durante mais de duas décadas, eu fui listando tanto as estratégias que davam certo, que traziam resultados, quanto as que não traziam resultados.
Ou seja, no meu acervo de técnicas fotográficas, que hoje é bem vasto, eu sei exatamente onde procurar por “inspiração”.
Tudo isso é um trabalho de construção didática que demorou alguns anos para ficar pronto e que, vendo de fora, muita gente não entende como e porque funciona tão bem.

Ninguém imagina o profundo trabalho de pesquisa e quantas mil horas passamos debruçados sobre as aulas, estudando com cuidado cada detalhe para que o aluno possa aprender mais e melhor a fotografia.

Desde que foi criado em 2016, seu método ficou conhecido por ser dinâmico e prático, direto ao ponto. Como você chegou a este resultado?

Verdade, nosso projeto ficou conhecido por oferecer um curso da melhor qualidade pelo menor preço, onde o aluno aprende de forma rápida e fácil tudo o que precisa para se virar muito bem profissionalmente ne fotografia.
Eu te garanto que nós já experimentamos de tudo em nos nossos Estúdios do Brasil e de Portugal e que sabemos na prática o que funciona e o que não funciona.
Cada assunto, iluminação, roteiro de poses, música, conexão com o cliente, produção, TUDO foi pensado e repensado para alcançar a sequencia de fotos perfeita.
Meus livros transmitem os conhecimentos acumulados fotografando pessoas comuns diariamente durante mais de 10 anos.
E toda essa bagagem também foi transferida para a Certificação em Foto Gestante, que está muito completa.

E como surgiu a ideia de criar este método de ensino?

Sinceramente, no começo, eu nunca quis falar abertamente sobre esse assunto: o meu método de  ensinar fotografia.
Eu cursei diversas formações em fotografia e a forma complicada e pouco prática me incomodava profundamente, além é claro da subjetividade de alguns “professores” de fotografia. Ao invés de ficar falando sobre o assunto, mostrá-lo na prática aos meus alunos que poderiam comprovar na prática os resultados.
Mas eu estava enganado. Todo mundo quer um jeito fácil e rápido de aprender fotografar profissionalmente e isto tem tudo a ver com o método de ensino.
A história é longa, mas vou resumir um pouco sobre como surgiu tudo isso.
Talvez o começo da minha vida explique tudo.
Fui criado em uma família humilde de classe média baixa na zona leste de SP. Tenho 2 irmãos e 1 irmã, sou o do “meio”. 
Meu pai sempre foi empreendedor, aprendeu num curso à distância a consertar televisão (é verdade, naquela época já existia cursos à distância, só que pelo correio) e ele tinha uma oficina onde trabalhava muito para sustentar a casa. Além do amor e carinho dos meus pais, nunca tive nenhuma ajuda financeira para realizar meus sonhos e minhas conquistas. 

No ano de 1989, eu queria explorar o Mundo, (eu era um típico jovem revoltado ouvindo Legião Urbana e Inocentes rsrs), decidi, aos 19 anos, ir atrás de um sonho: viajar de avião pela primeira vez e conhecer o mundo. 
Olha só que loucura: larguei um emprego no banco, vendi a minha moto Yamaha DT180, juntei com o dinheiro da rescisão e algumas economias e consegui comprar passagem para os EUA e mais 1000 dólares para me custear lá. Fui sozinho para os EUA e depois para Europa.
Foi uma experiência fantástica, comprei minha primeira câmera profissional (Minolta Maxxum 7000) e aprendi a fotografar e a amar este instante de segundo que vira uma imagem e que depois vira uma lembrança que constrói a nossa história.

 Precisei te contar sobre essa viagem, porque ela definitivamente marcou a minha vida. Eu sinto que foi a partir dela que passei a amar ainda mais a fotografia e, o mais importante, foi nesta viagem que eu tive a certeza de que qualquer sonho, por mais maluco que seja, se eu o desejasse de verdade, conseguiria realizá-lo.
Muitas pessoas sonham em viver da fotografia, não é mesmo? Mas por que somente poucas pessoas conseguem viver esse sonho?

O que diferencia as pessoas que conseguem ganhar dinheiro e viver bem de fotografia daquelas que vivem tentando, mas nunca conseguem emplacar? 

Por que há pessoas que quando olham uma foto bonita pensam: “Um dia ainda vou viver da fotografia!”, mas entra ano e sai ano e nada muda, elas não conseguem dar um passo?

Depois de quase um ano no exterior, bateu uma baita saudade da família e resolvi voltar para o Brasil.

Você imaginou que eu voltei para ser fotógrafo, não é verdade? Mas não

Mas como assim? Não era este o seu sonho, sua habilidade?

Eu só tinha uma certeza: Que iria trabalhar para mim e não para os outros, porque esse seria o melhor caminho para realizar os meus sonhos. E, com apenas 20 anos, resolvi abrir uma escola de ensino supletivo porque sempre acreditei que a educação é o principal fator de transformação do ser humano. 

Depois disso, ainda fugindo do que mais amava fazer, que é fotografar, fui para o ramo de alimentação e criei um restaurante. Mas o mais interessante é que eu pensava assim: No meu restaurante vou fazer as melhores fotos dos produtos. 

As fotos da fachada do restaurante que, obviamente, também fui eu quem fiz, rsrsrs.

Tudo em mim era foto, vivia em exposições e fotografava em todos os meus momentos livres. Se você me encontrasse em qualquer lugar, sempre ia me ver com uma câmera na mão.

Você esta dizendo que ela foi um fator decisivo para você acreditar?

Eu confesso que já estava cansado daquela situação de não ter tempo para nada, muito menos para casar e constituir uma família, então comecei a pensar em mudar de ramo, mesmo o restaurante sendo um excelente negócio, eu queria algo além do dinheiro, eu queria ter também qualidade de vida, queria ter tempo para viver.
Você já se sentiu querendo mudar de área, mas sem saber direito para onde ir?
Você já se sentiu assim, meio frustrado com seu trabalho, querendo mudar para um ramo que, além do retorno financeiro, também desse qualidade de vida? Algo que, em toda segunda feira, você sentisse uma baita alegria, porque sabe que o seu trabalho é muito prazeroso e gratificante?
Eu já tinha pensado algumas vezes em me profissionalizar na fotografia, mas sempre vinham aquelas dúvidas…

E Como foi o seu ponto de virada?

E foi nesse ponto, no final de 2006, que a Dri entrou em minha vida.

A Dri era uma menina de 26 anos inteligente, bonita, sensível e de muita determinação que, de alguma forma, acreditava que eu poderia fotografar profissionalmente e que as minhas imagens teriam importância e fariam a diferença na vida das pessoas, assim como faziam na minha. 

Sinceramente, agora é fácil falar que deu certo, mas naquela época, quando ela me via atrás daquele caixa do restaurante estressado e sem tempo para nada, era impossível prever onde conseguimos chegar…

Naquela época eu trabalhava muito, de 12 a 14 horas por dia, sem finais de semana e aquela rotina era bem cansativa.

Para a minha sorte, a Dri já era cliente e fã do meu restaurante e amava a nossa comida, o que me ajudava porque, sem tempo para levá-la para jantar, ali mesmo nós nos encontrávamos.

E como foi este recomeço?

Dias depois lá estava eu, aos 38 anos, novamente estudando para aprender tecnicamente o que eu mais amava fazer. 

E aí o impensável aconteceu (impensável mais ou menos, né? rsrs). Eu já estava casado, com um conhecimento muito maior da fotografia quando descobri: “Vou ser pai!”  Gente, como posso definir o que isso significava pra mim em meus plenos 40 anos? 
Foi naquele momento que eu percebi o maior e mais forte motivo para fazer de tudo para dar certo na fotografia. O amor por aquelas duas mulheres me motivava mais que tudo na vida para correr atrás do meu grande sonho: viver bem da fotografia! 

E você, o que te motiva?

O que mexe com o teu coração e te faz ter força para ir atrás dos seus sonhos?

Eu já fotografava profissionalmente arquitetura e paisagem, mas no momento que a Dri engravidou, só conseguia fotografá-la porque toda paisagem parecia ficar muito mais linda com a minha grávida em primeiro plano.

Essa experiência foi tão profunda para mim, que minha decisão já estava tomada:

Dedicar a fotografar famílias, porque estes eram os momentos que amaria retratar.

Se fiz milhares de fotos da Dri grávida, você consegue imaginar quando chegou a Ana Clara então? Nossa, eu quase derreti a câmera de tanto clicar a minha princesa.

Só que ainda havia um longo caminho, pois comecei o meu negócio na fotografia investindo principalmente em formação, e aqui está um grande segredo.

Antes de continuar te explicando exatamente qual foi o passo a passo que me levou ao sucesso, preciso esclarecer que estou te contando a minha história para que você consiga entender como surgiu o meu método, mas que ser casado e ter filhos nem de longe é um pré-requisito para ser um fotógrafo de sucesso nessa área de ensaios de família. Muito pelo contrário, conheço fotógrafos extraordinários que nem são casados e nem tem filhos. 

E qual foi este passo que te levou ao sucesso na área tão rapidamente?

Este é um ponto crucial, foi quando eu percebi que ter somente o conhecimento técnico de como fazer fotos não bastava. 
 Eu percebi que precisaria de muito, muito, muito mais bagagem para chegar lá, porque não tinha nenhuma experiência em:
Como montar um estúdio;
Como fazer um portfolio vendedor; 
Como divulgar as minhas fotos;
Como precificar o meu trabalho;
Como criar uma marca registrada do meu trabalho;
Como me POSICIONAR no mercado.
Eu também não sabia nada sobre:
Como agregar valor ao cliente;
Como vender valor ao invés de vender preço;
Não entendia muito de tratamento de imagens;
Não entendia de cuidados com bebês e grávidas;
Não entendia de produção de grávidas;
Não sabia como cobrar pelo trabalho sem ceder à choradeira por desconto;
Como começar um Estúdio com pouco investimento. Etc…
Além de tudo isso, estava começando sozinho, sem ninguém para me orientar, e preciso confessar que tenho vergonha de muitas fotos do meu início de carreira.

Mas como foi o início?

Mas como tudo tem que ter um começo, sabe como nós começamos? 
Em 2009, na sala de casa, em um espaço de uns 15 m², improvisando com o rack da TV para expor os álbuns e o quarto da nossa filha servindo de camarim. Eu pintei uma parede e fiz um “varal” para pendurar os fundos, que eram tecidos brancos ou pretos. 
A Ana Clara tinha acabado de nascer e, como você bem sabe, nessa época surgem despesas de todo lado, então comecei somente com o que tinha, além de uma câmera Canon T2i, uma lente 50mm e duas tochas da Digiflash.
Nesse primeiro ano eu ainda quase não ganhava dinheiro, porque só pingava um book aqui e outro ali. Mas, para a nossa alegria, o meu trabalho foi crescendo e ficando cada vez mais conhecido (descobri a internet e o Google, naquela época ainda tinha o Orkut rsrsrs) e chegou o final de 2010, fiz algo inimaginável: faturei R$ 7.000,00 com fotografia!
Foi aí que eu percebi o quanto era lucrativo fazer
aquilo que eu mais gostava de fazer
 
Imagine, há quase 10 anos atrás ganhar em um mês R$ 7.000,00, que equivale hoje a cerca de R$11.500,00 de hoje?
 
Se eu soubesse que era tão bom assim
já teria entrado na fotografia há muito tempo!
 
Trabalhar sem patrão, fazendo algo que te dá um prazer enorme e ainda ganhar muito bem!
Lembro que naquele final de ano fomos para Florianópolis e eu estava com um sorriso no rosto que não dá nem para descrever… Afinal, além de ser um recém pai fresco e estar recém-casado com a mulher que eu amava, era o primeiro réveillon que seria pago somente com meu serviço de fotografia, eita coisa boa!

Resume pra gente?

Bom, para resumir um pouco a minha história: daquele final de ano em diante, tive a certeza que dava para viver bem da fotografia e resolvi investir minha energia nela. 

Meu único arrependimento era pensar que se eu não tivesse relutado tanto, por tantos anos, e tivesse entrado de cabeça na fotografia muito antes, já poderia estar desfrutando dessa vida há bastante tempo.

Mas qual é o jeito correto de crescer? Muitos dizem que é preciso ter sorte, outros dizem que é preciso trabalhar dia e noite sem parar.

Eu digo que é preciso um passo de cada vez,
mas na direção certa, com as informações certas.

Ali mesmo, na Vila Diva onde eu morava, conheci um fotógrafo que inspirado no meu sucesso, investiu bastante dinheiro para montar um estúdio e, em menos de 6 meses, teve que fechar as portas e vender tudo a preço de banana, porque não se preparou, não buscou orientações com alguém da área que já tivesse sucesso e quis dar um passo maior que a perna. 

Ele alugou um lugar enorme sem ter uma clientela que desse sustentação para aquilo e… foi tudo para o brejo. 
Porque ninguém quer ser um fotógrafo pensando que não vai dar certo.

Todo mundo pensa: “Eu vou ser um Sucesso!”
No ano seguinte, saímos da sala de casa para um estúdio de 60 m² com uma estrutura bacana, com recepção, camarim, set com uma janela de luz natural, enfim, as coisas começaram a criar corpo.

Você se sentiu apoiado por seus amigos e família?

 O mais engraçado dessa minha nova fase é que os meus amigos me chamavam de burro para baixo: “Como é que pode? Um cara com um baita restaurante daqueles, se enfiar num negócio de ficar tirando fotos de grávidas? Quem é que vai querer esse serviço?” rsrsrs.

O que eles não sabiam é que naquele estúdio na av. Sapopemba eu já lucrava mais do que no meu restaurante, trabalhava muito menos e já sobrava muito mais tempo para curtir a minha família. Cara, eu já estava vivendo uma vida dos sonhos! 

Fazia pouco mais de 1 ano que tinha saído da sala de casa com um faturamento de R$ 10.000,00 e neste estúdio já estava fazendo R$ 30.000,00 mensais, que me dava um lucro de R$ 24.000,00! E ainda tinha tinha o reconhecimento dos clientes e da mídia também!
 
Cheguei em meados de 2013 com um faturamento de R$ 45.000,00/mês. 
Nesse ponto, a minha agenda estava lotada e minha autoridade começava a ser reconhecida com várias matérias publicadas em jornais, comecei a fotografar pessoas famosas, principalmente jogadores de futebol.

Aí caiu mais uma ficha: quer dizer, então, que a fotografia, além de ser uma profissão altamente lucrativa e prazerosa, ainda tem esse “bônus” do reconhecimento do meu trabalho? Que fantástico! 

Porque você demorou tanto tempo para entrar nesse ramo? 

 Nesta fase eu já tinha entendido que para ser um Fotógrafo de Família, eu precisava investir pesado no Ensaio de Gestante, porque esse é o “ENSAIO MÃE” dos ensaios de família, afinal, a gestação é o início da formação de uma família e se eu me dedicasse a fazer um excelente trabalho nesse tipo de ensaio, ficaria muito mais fácil de fidelizar a cliente e depois ter o prazer de acompanhar o crescimento dela, fazendo os ensaios de Newborn, Book Bebê, Acompanhamento Bebê, Smash de Cake, ensaio de família, etc.

E chegou aquele momento em que tive que tomar uma decisão: ou eu iria atrás de mais conhecimentos e investiria em minha formação para atingir outro nível dentro da fotografia…, ou ficaria ali, só curtindo a vida boa que a fotografia já estava me proporcionando no conforto do meu estúdio na Sapopemba, à apenas 50 metros de casa. 

Eu escolhi a primeira opção. E, assim, comecei a planejar o próximo passo: ter um estúdio modelo em SP, onde tivesse condições de desenvolver um trabalho até o ponto mais alto onde pudesse chegar. 
Em meados de 2013, após pesquisar vários imóveis na região, fazer os estudos sobre os investimentos necessários e calcular muito bem o passo que eu iria dar, nos mudamos para o nosso estúdio atual, um dos maiores de SP.

São 430 m² de área, com um lindo bosque interno, sets exclusivos para cada tipo de sessão, camarim, closet, ampla recepção, ilha de tratamento de imagens, enfim, este foi mais um grande sonho sonhado e realizado!

Ter sets separados para fotografar pessoas e para fotografar bebês, não é obrigatório, mas como podia escolher, queria essa exclusividade porque essa área de fotografia Newborn tinha acabado de chegar ao Brasil e eu era um dos pioneiros, então um set exclusivo me permitiria desenvolver meus próprios métodos para cada etapa desse minucioso trabalho com bebês.

Continuando a jornada, nesse novo estúdio a agenda lotou de vez, tive que contratar e treinar outros fotógrafos para me ajudarem, passei a dar entrevistas em vários programas de TV, quase todos os canais de TV aberta vieram ao nosso estúdio gravar programas, fiz palestras, dezenas de exposições, Com muito prazer participo dos programas da Ana Maria Braga, do Rodrigo Faro, da Eliana, da Claudete Troiano, do Bom dia SP e muitos outros, fotografo muitas celebridades, jornalistas, cantores, gente do esporte, enfim, algo totalmente inimaginável há 10 anos, quando comecei.

Parece que é fácil? 

Pode parecer que foi fácil, mas quantos iniciaram na área na mesma época que eu e por não fazer as escolhas certas não estão mais fotografando?
Estou apenas querendo dizer para você, que se eu, que comecei na sala de casa e sem recursos consegui, qualquer pessoa que seguir este método também consegue.

Se prepare, porque se você resolver seguir o meu método, a chance de você virar referência e ficar famoso na sua região é muito grande!

Como eu sempre digo, o reconhecimento que a fotografia nos proporciona, não paga as contas, mas que é muito bom, isso é.

E não tem nada que pague o prazer de ver o rosto das pessoas iluminado de tanta felicidade e gratidão quando vê o resultado das fotos.

Você quer saber o que aconteceu com o meu restaurante? Assim que o estúdio começou a dar mais lucro que o restaurante, eu o vendi, isso foi no final de 2011. Afinal, não fazia sentido deixar aquela vida maravilhosa que a fotografia estava me proporcionando para continuar na correria do restaurante. 

Dessa época em diante fui criando rapidamente minha liberdade financeira. É óbvio que não foi tudo perfeito, também tive percalços no caminho e tive que ir aprendendo com os próprios erros, principalmente porque não tinha ninguém que pudesse me orientar sobre como fazer certo já na primeira vez.

Tudo o que conquistei e a vida maravilhosa que levo hoje,
devo à Deus principalmente e a fotografia.

Em 2019 a fotografia me proporcionou realizar um antigo sonho: lembra-se lá no começo da minha história, aos 19 anos, quando viajei para os EUA e para a Europa de mochilão?

Naquela época, prometi para mim que só voltaria para esses países se fosse em uma situação diferente, com conforto e liberdade para ir aos restaurantes e lugares que quisesse, com dinheiro no bolso e uma família maravilhosa junto. Parece até que eu estava prevendo o futuro!

Continue... 

Agora, após ter viajado a turismo para os EUA diversas vezes, para a Europa e até para a Austrália (outro sonho daquela época de menino que realizei), resolvemos ir mais longe e nos mudamos para a Europa. 

Hoje vivo com minha família confortavelmente no Porto, em Portugal, uma das melhores cidades do mundo para se viver.

Caro leitor, por que estou te contando tudo isso? Só para me gabar? Claro que não. 

Só estou abrindo minha vida aqui, como se fosse uma mala velha, porque quero que você perceba que sou exatamente igual a qualquer pessoa comum, tive as mesmas dificuldades, não nasci em berço de ouro, não tive ajuda dos pais, nada disso. 

Essa é uma prova de que o sucesso está disponível para todos, é só você querer!

Mas tem algo que me motiva muito mais que o retorno financeiro, aliás, isso não tem preço: é o bem que faço às pessoas com esse trabalho.

Realmente não se trata de apenas fotografar reproduzindo os clichês que todo mundo usa. É muito mais do que isso. 
 
Trata-se de captar a essência da pessoa, no seu melhor ângulo, com a melhor luz, com a melhor direção da modelo e, principalmente, captar a emoção, o sentimento que a mãe, pai estão sentindo pelo seu filho mesmo antes dele nascer. 
 
Mas esse ainda não é o meu propósito principal na fotografia de gestantes e recém-nascidos. 
 
Quando fotografo, meu foco principal está em quem ainda nem nasceu ou acabou de nascer há poucos dias.
 
Se essas fotos fazem um bem imenso para o casal, imagine o que é capaz de fazer por esse bebê quando ele crescer e olhar para essas imagens? 
 
Logo no começo da minha carreira tive um colaborador jovem aprendiz que veio de uma família muito pobre, seus pais eram separados e sua mãe trabalhava como empregada doméstica para sustentar a casa. 

O que te marcou a ponto de ensinar técnicas tão importantes para outros profissionais?

 Certo dia, observei-o olhando nossas fotos de gestantes e bebês e percebi que ele estava emocionado. Quando me aproximei para saber o que se passava, ele disse que achava que seus pais não o amavam igual o amor que ele estava vendo naquelas fotos. 

Poxa, eu havia conversado com a mãe dele e sabia que ela o amava mais do que tudo neste mundo, que ela fazia tudo que podia por ele, mas ele não tinha noção disso!

Nesse momento eu entendi qual era meu propósito.

A ciência já comprovou que a maior parte dos problemas psicológicos de um ser humano se origina nos primeiros meses de vida.

Então, você sabe o que essas fotos irão significar na vida dessa criança quando ela crescer?

Ela vai ter uma prova irrefutável do amor que os seus pais tiveram por ela, antes mesmo dela nascer.

Ela vai ter a plena certeza de que foi muito amada e desejada para vir a esse mundo.

Ela sempre terá essa “carta na manga” e, quando olhar essas fotos, terá a certeza de que foi, sim, muito amada e desejada pelos dois, pela mãe, pai, ambos. 
 
E a certeza do amor de seus pais irá torná-la um adulto muito mais confiante, mais seguro, bem resolvido, mais tranquilo, mais determinado.

EU ACREDITO NISSO!
Esse é o meu propósito, ajudar a criar uma geração de pessoas melhores que nós.
É por isso que eu costumo chamar esse tipo de fotografia de FOTOGRAFIA DO BEM.

Resumindo: comecei a fotografar na sala de casa, logo encontrei meu propósito dentro desse trabalho que me motivou ainda mais a crescer e a estudar, desenvolvi um método, cresci de uma forma exponencial e obtive um retorno financeiro muito bom que me permitiu viver uma vida dos sonhos e ir morar na Europa em um espaçoso apartamento próprio. 

Você considera que ter mudado de área valeu a pena?

 Ou seja, Graças a Deus encontrei a fotografia e através da fotografia me deu tudo que tenho, sou extremamente grato por isso e quero retribuir todas as graças que alcancei em minha vida. 

Eu espero que você esteja lendo com muita atenção para não perder isso. Preste bastante atenção.

Nesta etapa da minha vida, a minha maior missão é fazer todo o possível para ampliar o meu propósito, pois acredito sinceramente que a expansão da Fotografia do Bem pode alterar a realidade de toda uma geração. 

Por isso estou totalmente envolvido neste novo projeto, quero realmente fazer com que uma quantidade muito grande de famílias tenha acesso à fotografia do bem, que tanto benefício traz aos pais e filhos. 

É por isso que resolvi desenvolver e treinar fotógrafos para fazerem a mesma coisa que eu fiz nos últimos 10 anos: VIVER MUITO BEM DA FOTOGRAFIA!   

Pense um pouco sobre isso.

Vejo muitas pessoas que querem mudar de emprego, de carreira, que querem ganhar mais para dar mais conforto para sua família e também pessoas que já estão na área da fotografia, mas ainda patinam muito e não conseguem decolar na área.

E qual a dica para quem esta começando do zero?

 Também vejo pessoas que tem esse desejo de viver da fotografia, fazem vários cursos, tentam entrar na área várias vezes, mas nada de se firmar no mercado, de ter clientes fiéis que valorizaram o seu trabalho.
 
Certa vez atendi um vizinho em minha casa que queria ser fotógrafo e tinha acabado de fazer um baita investimento em props, acessórios, cenários, fundos, luzes, etc. Também acabara de comprar uma câmera novinha que ele me trouxe para ver qual era o defeito dela “porque em todas as fotos aparecia uma mancha escura”. 
 
Eu pensei um pouco e disse para ele: “Pegue a câmera e tira uma foto para eu ver”. Quando ele fez o clique, eu fiquei até com vergonha de dar o diagnóstico: o cara estava colocando o dedo na frente da lente! 
 
É muito louco isso, o mundo está cheio de pessoas que pensam assim, que basta ter as coisas para se tornar profissional, como se isso fosse um super poder! É como se o fato de eu ter a raquete do Rafael Nadal me tornasse um tenista tão bom quanto ele.
 
Agora imagine o que teria acontecido a esse rapaz se, como num passe de mágica, ele tivesse acesso a toda experiência e conhecimento que acumulei nessa área ao longo dos últimos 10 anos?
 
E não somente acesso ao meu método, mas também a todos os segredos e macetes que ninguém tem coragem ou vontade de contar? 

Quais perguntas são importantes se fazer?

 Quanto tempo ele iria ganhar na sua jornada? 

Quantas cabeçadas ele iria evitar?

Qual seria o rumo de sua vida de agora em diante?   

Eu te ajudo a construir uma carreira de sucesso na fotografia de Gestantes e você me promete propagar essa Fotografia do Bem para os seus clientes.

Porque eu gosto de ajudar as pessoas a fazerem sucesso. Ponto.
Lembro de quando eu alcancei o meu primeiro sucesso na fotografia.

Fiquei tão entusiasmado que falava para quem pudesse ouvir que todas as pessoas com foco e com o método correto são capazes de acertar.

Uma das coisas mais incríveis dessa jornada é que em 10 anos de trabalho ininterrupto, colhi 10 anos de lucros todos os meses! Isso mesmo, desde o comecinho lá na sala de casa, até hoje, a minha empresa sempre esteve no azul e com uma generosa reserva de caixa. Acredito que esse é um feito para poucos, mas também pode ser para você!

Eu me lembro perfeitamente do dia em que, olhando a agenda completamente lotada, tanto a minha quanto a da minha equipe, tive um insight: “Preciso retribuir todas essas bênçãos que tenho obtido com a fotografia”. 

E para o pessoal que tem muita dificuldade na área?

Existem fotógrafos que estão carregando o mundo nas costas, matando um leão por dia, lutando para pagar suas contas, enquanto outros vivem uma vida de agenda lotada, felizes e bem pagos. E você? Quem você quer ser?

O que você precisa entender é que se você tem um especialista que começou do zero, passou por todas as etapas e venceu as dificuldades, já faturou milhares de reais fotografando, que já ajudou dezenas de pessoas comuns a se tornarem grandes profissionais e que pode te ajudar a ir para o próximo nível, por que você iria correr o risco de deixar o seu sonho de viver bem da fotografia ir para o abismo?

Até chegar ao ponto de poder vender o meu restaurante, mesmo eu ganhando muito dinheiro, tive que passar por todas as etapas de aprendizado do negócio da fotografia. 

Tudo foi na base da tentativa, erro e acerto e todos sabem que as coisas demoram para evoluir deste jeito. Muitas pessoas desistem muito antes de chegar lá.

E para o pessoal que tem muita dificuldade na área?

Graças a Deus, eu consegui ter a persistência necessária para ultrapassar essa fase inicial e, após ter criado um método de sucesso e tê-lo testado na prática no meu estúdio, minha vida alcançou um nível que eu jamais poderia pensar, sonhar ou imaginar!

Quando decidi morar na Europa, tomei uma decisão: decidi que me dedicaria integralmente ao Ensino da Fotografia ajudando as pessoas alcançarem o sucesso, para que mais profissionais possam ter uma vida plena e abundante fotografando. 
Para que eu possa te ajudar, preciso que você faça uma coisa: prometa para si mesmo que, a partir de hoje, você estará comprometido de uma vez por todas a viver da fotografia com abundância e alegria, com toda prosperidade que você merece ter!
“Mas, Roni, esse método funciona mesmo? Será que vou conseguir aprender de verdade? Já fiz vários workshops, comprei vários cursos e fico com um pé atrás com essas promessas.”
O meu método foi desenvolvido em cima de 10 anos de experiência prática e continua sendo aprimorado todos os dias. Tudo que vou ensinar já foi testado e aprovado ao longo desses anos dentro do meu estúdio em milhares de sessões realizadas.
Esse é o grande diferencial, você vai aprender com quem já fez 8 sessões por dia fotografando sozinho, das 07h às 17h, com meia hora de almoço, cobrando mais de R$ 2.000,00 por sessão. 

Preste atenção, uma coisa é você aprender com uma pessoa que viveu todo o ciclo profissional de um fotógrafo de sucesso, desde a fotografia na sala de casa até ter a agenda lotada cobrando bem por seu trabalho e que já atingiu grande prosperidade e reconhecimento de seus clientes, outra coisa é aprender com quem nunca viveu isso na prática ou que ainda está começando na fotografia.
Outro ponto importante do meu método: você vai perceber que assuntos normalmente complexos vão se tornar simples e fáceis de aprender, porque gosto de explicar de uma forma que qualquer pessoa, mesmo que nunca tenha fotografado na vida, consiga entender e aprender. 

Com certeza, agora você deve estar curioso para saber mais sobre o meu método e porque ele é tão diferente.

Estamos falando de um poderoso método de construção do Ensaio Gestante Perfeito, que irá duplicar ou triplicar os seus resultados, primeiramente porque este é um método completo, e não importa em que ponto da sua carreira você esteja, esta é uma certificação de “A a Z”, ou da fotografia na sala de casa até o mais top dos Estúdios.

Segundo porque, como expliquei acima, o Ensaio Gestante é a PORTA DE ENTRADA de todos os ensaios de família e ao se tornar um expert em ensaios de Gestantes, automaticamente sua reputação será alçada para outro nível, os clientes te enxergarão de outra maneira e a demanda pelo seu trabalho irá aumentar exponencialmente.
 
Aqui está o que eu vou fazer por você na prática:

Você terá acesso ao meu método dos 5 PASSOS PARA UM ENSAIO GESTANTE PERFEITO:

1º PASSO:

ATENDIMENTO
Alinhamento das expectativas. É fundamental saber alinhar as expectativas da cliente com o trabalho que será oferecido, pois isso defini o grau de satisfação que a  fotografada terá.

Aqui você aprenderá a fazer isso de uma forma prática, profissional e carinhosa, que deixará a sua cliente encantada!  

2º PASSO: ROTEIRO DE ENSAIO E DIREÇÃO

Você saberá criar um roteiro da sessão que tornará o ensaio uma experiência mágica e totalmente alinhado com as expectativas da sua cliente;

Um ROTEIRO bem desenhado, com começo, meio e fim é um dos segredos do sucesso do ensaio gestante e você aprenderá a fazer isso com maestria;

A DIREÇÃO da modelo é uma das principais dificuldades dos fotógrafos. No começo eu também enfrentei esse problema. Depois, quando comecei a treinar outros fotógrafos, desenvolvi o Método de Direção de Modelos com

Conexão para ter fotos perfeitas e espontâneas com:

Postura;

Repertório de poses;

Criatividade;

E, principalmente, para criar fotos com CONEXÃO, que retratam todo o amor que os pais sentem pelo bebê que está no ventre da mãe.  

3º PASSO: PRODUÇÃO
Você saberá qual o melhor tipo de maquiagem para a modelo;

Como criar figurinos exclusivos com o mínimo de investimento;

A arte de fazer uma produção “limpa”, que valoriza e realça a beleza da modelo;

Os truques nos figurinos que facilitam a vida do fotógrafo no tratamento das imagens;
Quando e como utilizar os efeitos de vento, fumaça, flashs, etc; 

4º PASSO: A FOTOGRAFIA
Tanto para quem  está começando ou mesmo para quem já fotografa à bastante tempo, o meu método de FOTOGRAFIA MESTRE vai fazer com que as suas fotos saiam da câmera praticamente prontas para postar ou entregar ao cliente. Nesse módulo, eu ensinarei tudo que sei sobre:

Iluminação: Luz Artificial, Luz Natural e Luz mista;

Como e quando usar difusores, rebatedores, flashs, Softbox, Sombrinhas, etc;

Esquemas de iluminação bem explicados e detalhados;

Regras de Composição e enquadramento;

Equipamentos fotográficos para iniciantes ou avançados;

Definições/configurações da câmera;

5º PASSO: A ENTREGA
A entrega é a coroação do seu trabalho, é onde você deixará a sua “marca” na história da família. E existe um jeito certo para se fazer isso. Com base na minha experiência, vou ajudar você nos seguintes tópicos:

Criação de pacotes, com quantidades de fotos e valores;

Como fazer e enviar orçamentos;

Como enviar as fotos para seleção;

Como surpreender positivamente o seu cliente;

Prazos ideais para cada etapa;

Tipos de suportes para entrega do material;
A importância do Álbum;
Como transformar o seu cliente no seu principal vendedor; 

Shape

Get to know us

Meet The Realet family

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incid idunt ut labore ellt dolore magna the alora aliqua alora the tolda on fouter.

Shaun Curry

Managing Partner

Robin Curry

Managing Partner

Steven Curry

Managing Partner

Melina Hubbard

Agent

Faith Willis

Agent

Clara Wolf

Agent
Shape

FAQ

We Are Here To Help You With Any Questions You May Have

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *